Pode o café tornar o seu treino mais fácil?

– Bethan Mooney for TIME

Bethan Mooney for TIME

By Alice Park

5 de Julho de 2017 4:12 PM EDT

Quanto mais cansado se sentir, mais difícil pode ser o exercício. É por isso que os treinadores de atletas de elite sabem há muito tempo que uma dose de cafeína antes de uma sessão de treino ou competição pode melhorar o desempenho, facilitando o exercício mais vigoroso com menos dor e fadiga.

Mas para um Joe médio, beber java realmente dá uma vantagem ao seu treino? Embora a ciência ainda não seja sólida sobre o papel da cafeína como auxiliar de treino, a pesquisa até agora é encorajadora.

O principal efeito da cafeína no corpo é aumentar a atenção e a excitação, o que pode fazer com que os treinos não pareçam tão maus. Também pode ajudar os músculos a queimar mais gordura. Esta é a teoria: Os músculos usam glicogênio, uma versão armazenada de glicose, para energia, e quando as reservas de glicogênio se esgotam, os músculos ficam mais fracos e menos eficientes, levando à exaustão. Mas os músculos também podem queimar gordura, e quando o fazem, os músculos não se cansam tão facilmente. A cafeína pode deslocar os músculos para queimar gordura mais rapidamente, o que pode preservar as reservas de glicogénio e dar aos músculos mais tempo antes de se desgastarem. Isto leva a um treino mais longo e menos doloroso. Alguns pesquisadores também acreditam que a cafeína pode trabalhar diretamente nos músculos, melhorando sua eficiência na geração de energia.

MAIS: O caso de beber café é mais forte do que nunca

Mas a cafeína pode demorar algum tempo a trabalhar. Os benefícios são mais óbvios em exercícios mais longos de resistência do que em exercícios de curta duração, uma vez que os músculos se voltam primeiro para o glicogênio. Ainda não é conclusivo quanto tempo é necessário fazer exercício para a cafeína desencadear a mudança para a queima de gordura, mas a maioria dos estudos testou o efeito da cafeína nos músculos após cerca de duas horas. Os efeitos energizantes da cafeína começam a atingir o pico cerca de uma hora após a ingestão e podem durar de três a seis horas.

Também não é claro quanto café você precisa para obter os benefícios do exercício. Até recentemente, o pensamento tem sido que como o corpo pode tornar-se tolerante à cafeína, os consumidores regulares de café precisariam de uma chávena extra para obterem os benefícios do exercício. Mas em um estudo recente conduzido por pesquisadores no Brasil, mesmo os bebedores regulares de cafeína – incluindo aqueles que tomavam cerca de três xícaras de café por dia – eram capazes de pedalar mais rápido e por mais tempo em uma bicicleta estacionária após tomar uma pílula de cafeína, que continha o equivalente em cafeína a quatro xícaras de café, em comparação com quando não tomavam a pílula.

MAIS: Como o seu café da manhã pode retardar o envelhecimento

Esta pesquisa existente sugere que a cafeína pode ser uma adição eficaz a um regime de treino, desde que você a adicione cuidadosamente. (A cafeína vem com algumas desvantagens, incluindo dores de cabeça, um pico na pressão sanguínea e potenciais úlceras estomacais). Os especialistas em exercício sugerem beber uma chávena de café uma hora ou mais antes de um treino e ver se o zumbido o ajuda a passar mais facilmente e com menos fadiga.

Contacte-nos em [email protected]

Deixe um comentário